Press


News

RSS
13/01/2011
At:

 EMBRAER E AIR LEASE ASSINAM ACORDO FINAL PARA ATÉ 20 E-JETS

Nova companhia de leasing seleciona o jato EMBRAER 190

 

São José dos Campos, 13 de outubro de 2010 – A Embraer e a Air Lease Corp., recém-criada empresa de financiamento, compra e leasing de aeronaves, liderada por Steven Udvar-Házy, figura emblemática no mundo da aviação, assinaram o acordo final para a venda de 15 jatos EMBRAER 190. A primeira entrega está programada para junho de 2011.

Das 15 ordens do pedido, primeiramente anunciado durante o Farnborough Air Show em julho, cinco são re-confirmáveis. Além disso, o acordo inclui cinco opções de compra, representando uma venda potencial de 20 EMBRAER 190.

Estamos honrados que a Air Lease Corp., juntamente com seu fundador, Steven Udvar-Házy, tenha depositado sua confiança na Embraer”, disse Paulo César de Souza e Silva, Vice-Presidente Executivo da Embraer para o Mercado de Aviação Comercial. “Este contrato reforça nosso compromisso com a Air Lease, visto que nosso objetivo é apoiá-los com os excepcionais atributos dos E-Jets quando a empresa começar a operar o avião, em meados do próximo ano.”

O EMBRAER 190, uma aeronave moderna que entrou em operação em agosto de 2005, é o terceiro de quatro modelos da família EMBRAER 170/190 de E-Jets. O jato pode ser configurado em uma ou duas classes, acomodando de 98 a 114 passageiros em dois assentos de cada lado do corredor e sem poltrona do meio, podendo voar até 4,448 km (2,400 milhas náuticas) sem escalas.

Esta encomenda de aviões EMBRAER 190 marca o início de um novo período de crescimento da nossa companhia e o design único deste modelo nos permite oferecer aos clientes da Air Lease um produto de companhia aérea principal com a economia operacional de um jato regional”, disse John L. Plueger, Presidente e Chefe de Operações (COO) da Air Lease Corp. “Desde o anúncio inicial feito no Farnborough Air Show, tivemos um expressivo interesse de clientes de todas as partes do mundo e esperamos oferecer um avião que atenda às suas necessidades.


Sobre a Air Lease Corporation

A Air Lease Corp. foi criada em 2010 em Los Angeles, Califórnia, EUA. Conta com uma equipe composta por pioneiros da indústria da aviação, que possuem mais de 30 anos de relações de confiança com clientes. A Air Lease é liderada pelo presidente do Conselho de Administração e CEO Steven Udvar-Házy. Sua missão é apoiar as operações de leasing, venda e financiamento de frotas de aeronaves comerciais. Para mais informações, visite www.AirLeaseCorp.com ou entre em contato pelo e-mail info@AirLeaseCorp.com.


Sobre a família EMBRAER 170/190 de E-Jets

A família EMBRAER 170/190 de E-Jets é composta por quatro jatos comerciais com capacidades de 70 a 122 assentos, fruto de um projeto de engenharia avançado que apresenta desempenho destacado, grande economia operacional, baixo nível de emissão de poluentes e uma ampla cabine de passageiros sem os indesejados assentos do meio.

Os E-Jets têm velocidade de cruzeiro máxima de Mach 0,82, voam a uma altitude de até 12.500 metros (41.000 pés) e possuem alcance de 4.400 km (2.400 milhas náuticas). O alto grau de comunalidade entre as quatro aeronaves – EMBRAER 170, EMBRAER 175, EMBRAER 190 e EMBRAER 195 – resulta em excepcional redução nos custos de treinamento, manutenção e peças de reposição para os operadores. Outro destaque é a moderna tecnologia fly-by-wire, que aumenta a segurança operacional e reduz a carga de trabalho dos pilotos e o consumo de combustível.
 
A família de jatos EMBRAER 170/190 oferece conforto superior com o projeto da fuselagem em dupla-bolha, que inclui duas entradas principais para passageiros e duas portas de serviço, que minimizam o tempo de permanência no solo. Os E-Jets oferecem muito mais espaço ao passageiro que qualquer outra aeronave de tamanho equivalente. Para mais informações sobre as aeronaves, visite www.EmbraerCommercialJets.com.br.

Com grande aceitação, cerca de 900 pedidos firmes já foram recebidos e mais de 650 aeronaves estão em operação em todo o mundo, tendo acumulado 4,4 milhões de horas de vôo e transportado 200 milhões de passageiros. Trata-se de uma comprovada família de jatos que tem auxiliado companhias aéreas a ajustar capacidade à demanda em rotas operadas por aeronaves narrowbody com baixa taxa de ocupação, substituindo jatos regionais de 50 assentos, bem como aeronaves antigas e ineficientes. Os E-Jets também estão sendo utilizados para desenvolver novos mercados, com menores custos e maior eficiência. Para melhor avaliação dos benefícios gerados por essas aeronaves ao substituir jatos mais antigos, visite www.eforefficiency.com.


Nota aos editores

A Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica S.A. - NYSE: ERJ; BM&FBOVESPA: EMBR3) é uma Empresa líder na fabricação de jatos comerciais de até 120 assentos e uma das maiores exportadoras brasileiras. Com sede em São José dos Campos, no Estado de São Paulo, a Empresa mantém escritórios, instalações industriais e oficinas de serviços ao cliente no Brasil, China, Estados Unidos, França, Portugal e Singapura. Fundada em 1969, a Embraer projeta, desenvolve, fabrica e vende aeronaves para os segmentos de aviação comercial, aviação executiva e defesa. A Empresa também fornece suporte e serviços de pós-vendas a clientes em todo o mundo.  Em 30 de setembro de 2010, a Embraer contava com 17.009 empregados – número que não inclui funcionários das subsidiárias não-integrais – e possuía uma carteira de pedidos firmes a entregar de US$ 15,3 bilhões.

Este documento pode conter projeções, declarações e estimativas a respeito de circunstâncias ou eventos ainda não ocorridos. Estas projeções e estimativas têm embasamento, em grande parte, nas atuais expectativas, projeções sobre eventos futuros e tendências financeiras que afetam os negócios da Embraer. Essas estimativas estão sujeitas a riscos, incertezas e suposições que incluem, entre outras: condições gerais econômicas, políticas e comerciais no Brasil e nos mercados onde a Embraer atua; expectativas de tendências para o setor; os planos de investimento da Empresa; sua capacidade de desenvolver e entregar produtos nas datas previamente acordadas, e regulamentações governamentais existentes e futuras. Palavras como “acredita”, “pode”, “poderá”, “estima”,“continua”,
“antecipa”, “pretende”, “espera” e termos similares têm por objetivo identificar expectativas. A Embraer não se sente obrigada a publicar atualizações nem a revisar quaisquer estimativas em decorrência de novas informações, eventos futuros ou quaisquer outros acontecimentos. Em vista dos riscos e incertezas inerentes, tais estimativas, eventos e previsões sobre o futuro podem não ocorrer. Portanto os resultados reais podem diferir substancialmente daqueles publicados anteriormente como expectativas da Embraer.

PRESS OFFICES

RSS