Imprensa


Notícias

RSS
10/04/2013
Em: Press Releases

 Embraer Defesa & Segurança fornecerá apoio logístico para a frota de A-29 Super Tucano da Força Aérea Brasileira

 

Rio de Janeiro, 10 de abril de 2013 - A Embraer Defesa & Segurança e a Força Aérea Brasileira (FAB) assinaram hoje, na LAAD Defence & Security, um contrato para fornecimento de suporte logístico e serviços para a frota de 92 aeronaves A-29 Super Tucano operadas pela FAB. O Programa de Suporte Logístico Integrado (PSLI) contempla o provimento de materiais de consumo para atendimento às manutenções programadas e não programadas, reparo e revisão geral de componentes, suporte aos conjuntos de trem de pouso e hélice, suporte técnico especializado, bem como a logística integrada de movimentação de materiais e planejamento. O contrato, no valor total de 252 milhões de reais, inclui um pacote de serviços básicos que somam 223 milhões de reais e a cobertura de serviços extraordinários, no valor de 29 milhões de reais, por um período de cinco anos.

O PSLI é uma solução integrada que aumenta a capacidade e a prontidão da frota para realização de missões, com preço fixo e requisitos de desempenho definidos. O programa é baseado em um modelo de negócios de planejamento de longo prazo, com integração de uma ampla rede de parceiros e fornecedores e por meio de uma gestão centralizada com significativa redução dos custos operacionais e de suporte.

“É uma grande satisfação contribuir para a prontidão e a operacionalidade da frota brasileira de aeronaves A-29 Super-Tucano”, disse Eduardo Bonini Santos Pinto, Vice-Presidente Sênior de Operações e COO da Embraer Defesa & Segurança. “O PSLI é um modelo de solução comprovada e que atenderá plenamente às necessidades da FAB para o cumprimento de suas missões.”

“Estamos confiantes de que a solução apresentada pela Embraer Defesa & Segurança contribuirá para garantir a operação destas aeronaves em condições de excelência” disse o Tenente-Brigadeiro do Ar Helio Paes de Barros Junior, Comandante-Geral de Apoio da FAB. “Além de permitir à FAB uma utilização eficiente e econômica de sua frota.”

ASSESSORIA DE IMPRENSA

RSS