Imprensa


Notícias

RSS
21/12/2012
Em: Press Releases

 ​Embraer nomeia STAECO para aperfeiçoar serviços e suporte ao cliente na China

  

 


Ji’nan, Shandong, China, 21 de dezembro de 2012 – A Embraer nomeou a Taikoo (Shandong) Aircraft Engineering Co., Ltd. (“STAECO”) como Centro de Serviços Autorizado da Embraer (Embraer’s Authorized Service Center – EASC) para o mercado de aviação comercial na China, em cerimônia realizada hoje nas instalações da STAECO, na cidade de Ji’nan, na China. A STAECO fornecerá manutenção pesada e de linha para a família de E-Jets de acordo com os padrões Parte 145 da Regulação de Aviação Civil na China.

“A cooperação com a STAECO, uma das principais fornecedoras de manutenção na China, é resultado dos esforços contínuos da Embraer para aperfeiçoar seus serviços e atendimento ao mercado chinês. Temos certeza de que o profissionalismo e a experiência da STAECO proporcionarão aos nossos clientes serviços altamente eficientes e de excelente qualidade”, disse Siu Ying Yeung, Diretor de Operações da Embraer (China) Aircraft Technical Services Co., Ltd. (ECA).

“Estamos honrados em fazer parte da rede mundial de atendimento e serviços aos clientes da Embraer. Desde o seu estabelecimento, a STAECO tem o compromisso de aplicar os mais altos padrões de qualidade e segurança em serviços de manutenção e engenharia de aeronaves civis. Certamente estenderemos nossos serviços profissionais de qualidade superior a cada um dos valiosos clientes da Embraer”, disse Huang Enfang, Presidente da Taikoo (Shandong) Aircraft Engineering Co., Ltd.

Tendo em vista o crescimento constante da base de clientes e da frota na China, a Embraer vem fortalecendo continuamente a capacidade de atendimento e serviços aos clientes. Em julho de 2010, a Embraer estabeleceu a ECA, subsidiária integral cujo escopo comercial cobre a venda de peças de reposição e serviços de consultoria relativos a problemas técnicos e operações de voo. Em outubro de 2010, a Tianjin Airlines tornou-se Centro de Serviços Autorizado da Embraer para os jatos ERJ 145 e E190. Desde a inauguração do escritório da Embraer na China, em 2000, até hoje, a frota cresceu para 121 jatos comerciais, incluindo 75 jatos E190.

O mercado regional de aviação na China será responsável por 15% das entregas mundiais de jatos com 61 a 120 assentos nos próximos 20 anos. A Embraer prevê uma demanda por 1.005 entregas de novos jatos na China até 2031 nessa categoria, abrangendo 455 jatos de 61 a 90 assentos e outros 550 jatos no segmento de 91 a 120 assentos.
 


Sobre a STAECO
 
Como uma das principais fornecedoras de manutenção na China, a STAECO tem como foco a manutenção ampla e soluções de engenharia para aeronaves médias e pequenas na aviação civil e executiva. Seus negócios abrangem a conversão para cargas, manutenção pesada, aperfeiçoamento de sistemas, verificação em trânsito, retificação de componentes, fabricação de peças, treinamento técnico, projeto e consultoria em engenharia, gerenciamento de engenharia, vendas de peças para reposição, etc. A empresa agora opera cinco hangares com dez linhas de produção para manutenção, com apoio de instalações completas, engenheiros técnicos profissionais e centro avançado de desenvolvimento e pesquisa.

Siga-nos no Twitter: @EmbraerSA

ASSESSORIA DE IMPRENSA

RSS