Imprensa


Notícias

RSS
11/11/2013
Em: Press Releases

 ​Embraer participa do Dubai Airshow 2013

 


Emirados Árabes Unidos, Dubai, 11, de novembro de 2013 – A Embraer participa da 13ª edição do Dubai Airshow (www.dubaiairshow.aero), de 17 a 21 de novembro, no Dubai World Central (DWC), nos Emirados Árabes Unidos (EAU). A Empresa promoverá a linha completa de aviões comerciais e executivos e exibirá na exposição estática os jatos Legacy 650 e Lineage 1000, respectivamente das categorias large e ultra-large.

A Embraer Aviação Comercial realizará uma coletiva de imprensa no Centro de Conferências, no domingo, 17 de novembro, às 13h, na Sala 2. Os visitantes são bem-vindos no Chalet A7.

A presença da Embraer Aviação Comercial tem crescido no Oriente Médio e no norte da África desde que a primeira aeronave comercial, um E170, entrou em serviço com a Saudi Arabian Airlines, em 2005. A família de quatro E-Jets, com capacidade para 70 a 124 passageiros, está atualmente em serviço em nove companhias aéreas de seis países, com um total de 63 E-Jets voando na região.

A Aviação Executiva da Embraer recebeu um forte endosso de clientes no Oriente Médio, que se tornou o principal mercado para o Lineage 1000 e o segundo maior para o Legacy 650. Estes dois modelos são os mais populares por causa de seu longo alcance, que permitem voos sem escalas de Dubai para a África do Sul, Europa Ocidental, nordeste da Rússia, Japão, China e Ásia Central.

Além disso, a Embraer tem três centros de serviços autorizados na região para fornecer manutenção, reparo e revisão (MRO): dois para a aviação executiva (em Dubai e Abu Dhabi) e um para jatos comerciais, no Egito.

A Embraer recebeu pedidos firmes para mais de 1.350 E-Jets e entregou a 1.000ª aeronave de produção em setembro passado. Atualmente, 66 companhias aéreas de 48 paises adicionaram de E-Jets às suas frotas. Como líder do segmento de jatos de 70 a 130 assentos, a Embraer continua a investir na família de E- Jets. Em junho, a Empresa anunciou o lançamento do E-Jets E2, a segunda geração destes populares aviões, com três aeronaves de 80 a 132 lugares. Até esta data, companhias aéreas e empresas de leasing têm colocado pedidos firmes, opções e cartas de intenção para 365 E-Jets E2.

Siga-nos no Twitter: @EmbraerSA

ASSESSORIA DE IMPRENSA

RSS