Imprensa


Notícias

RSS
19/10/2012
Em: Press Releases

 FLYNONSTOP, da Noruega, escolhe o E190 para início de operações

   

 


São José dos Campos, Brasil, 19 de outubro de 2012 – A FLYNONSTOP, nova companhia aérea da Noruega com sede em Kristiansand, adquiriu um jato EMBRAER 190 para apoiar o início das operações da empresa, em abril de 2013. A aeronave será arrendada de terceiros. O E190 da FLYNONSTOP está configurado com 100 assentos Elite em classe única. A empresa pretende operar o E190 entre Kristiansand e as principais cidades europeias, atendendo à crescente demanda por serviço aéreo regular sem escalas de e para a Noruega.

“A escolha do E190 pela FLYNONSTOP endossa a versatilidade operacional da aeronave e seu tamanho ideal para servir mercados secundários em toda a Europa. Estou particularmente satisfeito que outra companhia aérea na Escandinávia esteja voando os E-Jets. Os passageiros noruegueses ficarão impressionados com o E190 e a nova conveniência de voos diretos que ele oferecerá”, disse Paulo Cesar de Souza e Silva, Presidente da Embraer, Aviação Comercial.

Aviões da Embraer voam em toda a Escandinávia há anos, mas a FLYNONSTOP é o primeiro cliente da Noruega a operar um E-Jet. Aeronaves desta família da Embraer estão em serviço com outras três companhias no Norte da Europa: Finnair, Flybe Finland e Estonian Air. Com a FLYNONSTOP, existem agora 28 clientes de 19 países europeus atualmente voando ou com pedidos confirmados de jatos comerciais da Embraer. Vinte e quatro destes são operadores de E-Jets.

“Como nosso nome sugere, o foco do negócio é ligar mercados não atendidos na Noruega com cidades-chave na Europa Central e do Sul sem ter que fazer uma conexão”, disse Daniel Lundberg, CEO da FLYNONSTOP. “A autonomia e tamanho do E190 são ideais. Podemos acrescentar frequências e rotas sem adicionar muitos assentos e podemos fazer voos sem escala para lugares com demanda sazonal, bem como para importantes centros de negócios.”

A presença da Embraer no Norte e no Leste Europeu, locais onde as empresas aéreas continuam substituindo frotas antigas e adequando capacidade à demanda, é crescente. Oito empresas voam em E-Jets nessas regiões: LOT Polish, Air Moldova, Finnair, Flybe Finland, Estonian Air, AeroSvit, Belavia e Wind Rose Aviation.

A FLYNONSTOP eleva para 63 o número de companhias aéreas de 43 países atualmente voando ou com entregas futuras confirmadas de E-Jets. Em 10 de outubro de 2012, a Embraer entregou o E-Jet de número 900. Em 30 de setembro de 2012, a empresa registrava 1.063 pedidos de E-Jets.

Siga-nos no Twitter: @EmbraerSA

ASSESSORIA DE IMPRENSA

RSS