Imprensa


Notícias

RSS
17/06/2013
Em: Press Releases

 ILFC assina Carta de Intenções para até 100 E-Jets E2 da Embraer

 

Paris, França, 17 de junho de 2013 – A Embraer S.A. (NYSE: ERJ; BM&FBOVESPA: EMBR3) assinou uma Carta de Intenções (Letter of Intent - LOI) com a International Lease Finance Corporation (ILFC), líder global no mercado de leasing e revenda de aviões a jato para companhias aéreas, para a venda firme de 25 E190-E2 e 25 E195-E2. A Carta de Intenções também contém opções para 25 E190-E2 e 25 E195-E2 adicionais.

“Este pedido demonstra o enorme potencial de mercado que a ILFC enxerga para o E2”, disse Paulo Cesar Silva, Presidente e CEO da Embraer Aviação Comercial. “Agradecemos à ILFC por se tornar um novo cliente de E-Jets e endossar o programa. Como cliente-lançador do E2 entre as empresas de leasing, a ILFC, com sua presença global e diversificada base de operadores, garantirá o acesso à aeronave para ainda mais companhias aéreas ao redor do mundo.”

Com cerca de mil aviões próprios sob sua gestão e uma série de programas inovadores de leasing personalizado, a ILFC foi pioneira no negócio de leasing de aeronaves e tem mantido sua posição de liderança há quatro décadas, oferecendo aos clientes consultoria de serviço completo e um conhecimento inestimável da frota global de aeronaves.

“Temos o prazer de ser o cliente-lançador entre as empresas de leasing dos novos E-Jets E2 e esperamos estreitar nosso relacionamento com a Embraer”, disse Henri Courpron, CEO da ILFC. “A introdução da família de E-Jets em nossa frota é uma perspectiva animadora, pois acreditamos que estes novos aviões trarão eficiência operacional para nossos clientes globais e reforçarão ainda mais nossa atual posição como a empresa de leasing de aviões mais ágil e com mais recursos.”

Os E-Jets E2 representam o compromisso da Embraer em investir continuamente nesta linha de jatos comerciais da Empresa e manter a liderança no mercado de 70 a 130 assentos. Os três novos aviões (E175-E2, E190-E2, E195-E2) possuem a designação “E2”, que significa uma mudança geracional em tecnologia que foi incorporada ao projeto. Cada um dos três aviões tem a versatilidade para uma gama de configurações de classe única ou multi-classe para atender às necessidades dos operadores com um novo conceito de design ainda mais confortável.

Motores de última geração, em conjunto com novas asas aerodinamicamente avançadas, controles de voo totalmente fly-by-wire e avanços em outros sistemas resultarão em melhorias de dois dígitos no consumo de combustível, custos de manutenção, emissões e ruído externo.

A primeira entrega de um E-Jets E2 (o E190-E2) está prevista para o primeiro semestre de 2018. O E195-E2 está programado para entrar em serviço em 2019 e o E175-E2 em 2020. Mais de 950 E-Jets foram entregues até o momento. Atualmente, 65 clientes de 47 países adicionaram os E-Jets da Embraer às suas frotas.

Siga-nos no Twitter: @EmbraerSA

ASSESSORIA DE IMPRENSA

RSS